Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Ana

    Olá querida, era só para avisar que voltei com o m...

  • Carina

    Exactamente minha querida, a vida é curta demais p...

  • Be_happy*

    Fazes-me lembrar uma pessoa... eu!!Não vale a pena...

  • Carina

    Tenho a certeza de que correu tudo bem, e caso con...

  • alexis

    é sim! muito obrigada, mas eu não estou lá muito c...



subscrever feeds



Life.

por Carina, em 18.06.12

Tantas perguntas e questões, tantos sentimentos e emoções !
A vida por si só é um desenrolar de acontecimentos, nascemos sem querer, a partir de um momento de pura felicidade e entrega de sentimentos. Um autêntico jogo de diversão, prazer, entrega e procura de 'algo mais'. Passamos de semente a feto, e com um único propósito, 'termos uma vida'. Algo que implica muito mais do que se pode imaginar. Algo que engloba diversas fases. E tudo se inicia no nascimento, com a visão tremendamente pura, ingénua e curiosa sobre aquilo que nos rodeia. Há uma pureza tão grande que é precisamente nesta fase que vemos tudo e todos com bons olhos. Não existe mal no mundo! Somos felizes à nossa maneira! Podemos brincar na rua, sem qualquer receio. Conversar com um estranho, sem qualquer receio. Passear sozinhos, sem qualquer receio. Conhecer a vida, sem qualquer receio. Ao crescermos aprendemos, sem querer, que afinal não é bem assim. Há nos noticiários aborrecidos da televisão noticias sobre o menino cuja mãe hoje sofre em silêncio por ter sido raptado, noticias sobre as crianças que hoje não tem teto, porque alguém resolveu tirar-lhes os pais, noticias que nos roubam a ingenuidade de meninos! Crescemos! Damos assim inicio ao processo de maturidade que durará para a vida toda, e um dia acordamos e somos adultos! Sem tempo para os filhos, sem tempo para a familia, sem tempo para a vida, mais preocupados com o trabalho e responsabilidades que todos os dias nos caem em cima. Custa, mas passamos a acreditar que faz parte, que estas fases mais 'pesadas' acabarão no fim da semana, no fim do mês, quando na realidade nunca terminam. Não temos tempo para aproveitar a vida verdadeiramente. Por fim, um dia acordamos e somos velhos. As rugas de expressão marcadas no rosto, as marcas de uma vida inteira marcadas no corpo! De tantas experiências, sabemos a verdadeira cor e sabor tanto amargo como doce que a vida pode ter. Atingimos o auge do crescimento a nivel fisico. Parou por ali. Um dia deixamos de acordar e damos então por fim, a 'vida' propriamente dita. E até ai? Aproveitamos verdadeiramente? Soubemos crescer? Aprender? Conhecer? Surpreender? Viver? Fizemos aquilo que nos cabia em mãos, vivemos uma vida baseada no crescimento, trabalho duro, preocupações, responsabilidades e tarefas por cumprir, mas só os verdadeiros, só os 'felizes' podem dizer que viveram verdadeiramente a vida. São esses aqueles que não se deixam abalar com a perda da visão ingénua, são esses aqueles que olham o mundo não com os olhos carregados de medo, tensão, dureza, mas sim com curiosidade, admiração e intriga. São esses aqueles que aprenderam a reservar tempo para aqueles que mereciam. São esses que mesmo nas alturas complicadas, em que as lágrimas teimavam em aparecer, souberam ser fortes e mostrar um belo sorriso. São esses aqueles que aproveitaram tanto as tristezas e alegrias, como as boas e as más experiências, uma vez que tudo faz parte nesta vida. É constituida por um ciclo de fases em que as fases más servem para crescermos, aprendermos com os erros, ganhar coragem, lutar e sobretudo aproveitar as fases boas, que servem para abrirmos os olhos e vermos o quanto na realidade esta vida é 'bela'!
Esses sim, poderão dizer que tiveram e viveram uma vida, porque de facto viveram.
Há que ultrapassar os obstáculos com um sorriso, os problemas com coragem, a vida com alegria.

Vamos então VIVER a nossa?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





Comentários recentes

  • Ana

    Olá querida, era só para avisar que voltei com o m...

  • Carina

    Exactamente minha querida, a vida é curta demais p...

  • Be_happy*

    Fazes-me lembrar uma pessoa... eu!!Não vale a pena...

  • Carina

    Tenho a certeza de que correu tudo bem, e caso con...

  • alexis

    é sim! muito obrigada, mas eu não estou lá muito c...



subscrever feeds